04.01.2017

Caixa quer adesão de até 10 mil a plano de demissão voluntária

A Caixa fechou sua proposta para o programa de demissão voluntária, que deverá ser aberto aos funcionários no fim deste mês com adesão até o começo de fevereiro.

O lançamento do plano, no entanto, ainda depende de aval do Ministério do Planejamento, esperado para a semana que vem, segundo a Folha apurou.

Procurada pela reportagem, a Caixa não quis comentar o assunto.

Pelo projeto do banco, até 10 mil funcionários poderão aderir ao plano, que deve ser direcionado a funcionários em idade de se aposentar, mas que seguem na ativa.

A Caixa tem um universo de 20 mil servidores que se enquadrariam nessa regras.

Para incentivar a aposentadoria, a Caixa planeja oferecer uma bonificação de dez salários, conforme o tempo de casa. No entanto, esse é um dos pontos que precisam da aprovação do governo antes da publicação das regras aos funcionários.

BANCO DO BRASIL

O público-alvo é o mesmo atingido pelo programa de aposentadoria lançado pelo Banco do Brasil no final do ano passado.

De 18 mil funcionários que poderiam deixar a instituição financeira, 9.409 aceitaram a oferta do banco e se aposentaram. Com isso, o BB desembolsou R$ 1,4 bilhão em incentivos, mas deve economizar R$ 2,3 bilhões em despesas neste ano.

A Caixa ainda não informou quanto espera economizar com a redução do quadro, mas o impacto da redução da folha de pagamento só deverá aparecer nos resultados financeiros de 2018.

O objetivo das duas instituições é reduzir o custo com despesas operacionais e administrativas, para alinhá-las ao resultado de seus pares privados.

Hoje, a Caixa tem cerca de 95 mil funcionários e mais de 3.000 agências. Os clientes do banco também são atendidos na rede de lotéricas e nos postos de correspondentes Caixa Aqui.

O Banco do Brasil reduziu o quadro para aproximadamente 100 mil empregados e também anunciou um programa de enxugamento de 781 agências.

Entre os bancos privados, o Itaú tem hoje 82 mil funcionários, enquanto o Santander emprega menos de 50 mil pessoas, e o Bradesco, 110 mil.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/01/1846841-caixa-quer-adesao-de-ate-10-mil-a-plano-de-demissao-voluntaria.shtml
Foto: Samuel Costa/Folhapress


TOPO